Este artigo irá ensinar você a utilizar alguns dos melhores programas para monitoramento de tráfego de rede.

Algo fundamental para administradores e também usuários com curiosidade a respeito de informações que os ajudem a aproveitar melhor sua conexão.

NetTraffic, NetWorx e WireShark para seu monitoramento de Rede

 

 

Os dois primeiros são bem simples, ideais para usuários em geral. Já o terceiro é muito detalhado e, portanto, indicado para profissionais ou usuários com extenso conhecimento em termos de rede.

NetTraffic

A instalação do NetTraffic é bastante simples, e logo após a conclusão já é possível observar o ícone na systray (Bandeja de sistema, ao lado do relógio). As duas flechas representam os índices de download e upload. Deixe o cursor do mouse sobre o ícone para saber os valores.

Controle de dados

É em “Statísticas” (sic) que você monitora os dados em tempo real, em “Estado Atual”. Um detalhe muito bom do NetTraffic é o monitoramento de dados em virtude do tempo. Ou seja, ele informa dados enviados e recebidos da última hora, último dia, mês ou até do ano.

A aba “Gráfichos/Tabelas” (sic) serve como um histórico da conexão. Determine a data inicial e a final do período desejado, escolha a melhor unidade de tempo (entre hora, dia, mês e ano), escolha se o gráfico deve ser para o tempo ou o tráfego e clique em “Procurar” para gerá-lo.

Ele pode ser exportado para um arquivo XML, com o botão “Exportação de”. Da mesma maneira, o NetTraffic também importa dados de um arquivo desse tipo, com o botão “Importação de dados”. Essas são ferramentas úteis caso você precise reinstalar o programa ou utilizá-lo em outro computador, por exemplo.

NetWorx

NetWorx é outra opção para monitoramento da entrada e saída de dados. Preste atenção à instalação do programa, pois é necessário marcar a opção para instalar a extensão para desktop que exibe as informações na Barra de tarefas do Windows 7.

Wireshark

Antigamente chamado Ethereal, e é um dos mais famosos analisadores de tráfego de rede. Ele verifica os pacotes transmitidos pela placa de rede ou placa de modem a fim de identificar problemas como conexões suspeitas.

Todo o tráfego de entrada e saída é analisado e mostrado em uma lista com diversos recursos de navegação.

  • Durante a instalação do Wireshark, você tem a opção de instalar componentes adicionais, a começar pela interface gráfica. Ela facilita bastante a compreensão dos dados, portanto é recomendado deixar a opção “Wireshark” marcada. Outros adicionais incluem:

  • TShark, um analisador de protocolo de rede baseado em texto;
  • Plugins e extensões em caráter experimental;
  • Ferramentas de linhas de comandos;
  • Guia do usuário, para não precisar acessar a internet a fim de obter ajuda.

 

Esses recursos não são obrigatórios, portanto não é necessário instalá-los todos. Atente para a lista e marque aqueles de que você precisa.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.